Ilhéus: A Terra do Cacau




“Homens escreviam, homens que haviam ido antes, e contavam que o dinheiro era fácil, que era fácil também conseguir um pedaço grande de terra e plantá-la com uma árvore que se chamava cacaueiro e que dava frutos cor de ouro que valiam mais que o próprio ouro.”


Se você leu alguma obra de Jorge Amado (1912 – 2001) já deve ter se deparado com descrições como esta, tirada do livro Terras do Sem-Fim (1943), que retratavam os tempos áureos do cacau em Ilhéus, no sul da Bahia. A cidade até a metade do século 20 chegou a ser o primeiro exportador de cacau do mundo. Na década de 1980, no entanto, viu a devastação das lavouras pela vassoura-de-bruxa – praga que assolou a região e levou fazendas e famílias inteiras à falência e deixou milhares de desempregados.


Quase 30 anos depois, a indústria de cacau na região voltou a tomar forma, e os produtores, atentos ao crescente mercado do chocolate gourmet, vêm focando, principalmente, na produção de amêndoas de altíssima qualidade para a elaboração de chocolates finos.



Também estão deixando de ser apenas fornecedores de matéria-prima para a grande indústria e apostando na produção do próprio chocolate. Atualmente mais de 40 marcas já podem ser encontradas como Mendoá, Amma, João Tavares, Croc, Dengo, Mestiço, Maltez, República do Cacau, Fazenda Jupará, Amado Cacau, Coroa Azul, Yrerê e Modaka produzindo chocolate de origem, que significa que o produto é da região, e orgânico, cultivado com insumos extraídos do próprio ecossistema, livre de conservantes, sabores sintéticos e aromatizantes.


Assim como no vinho, onde o terroir influência muito na bebida que chega a taça, o lugar de origem do cacau tem características que se revelam no produto final.


Experiências únicas


De modo enriquecer a experiência da cultura do cacau e chocolate alguns hotéis na região apostam em novos atrativos para os turistas como a Fazendinha do Jardim Atlântico Beach Resort. Nela, além dos turistas conhecerem todo o processo do pé de cacau até a barra de chocolate que tanto amamos de consumir ainda cria ricas extensões de conhecimento também para as crianças em atividades de lazer ligadas ao chocolate. Sem dúvidas uma experiência única que une o melhor de um dos maiores e mais lindos litorais do país com um dos produtos mais amados e consumidos pelos brasileiros, o chocolate.





Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square