cidade ilhéus.jpg

O que fazer em Ilhéus...

 

Foto: Tayrone

arrow&v

Ilhéus é uma cidade cheia de cantos e encantos... Fica localizada no sul da Bahia. Conhecida mundialmente através dos livros de Jorge Amado, o local é riquíssimo culturalmente e mescla arquitetura colonial com belas praias. Pra você que vem passar um período conosco, aproveite este tempo para conhecer a nossa cidade, acompanhe nossas dicas de atrações incríveis e saiba o que fazer na nossa amada terra do cacau.

 

Começamos então pelas belas praias...

 
 
 
 
 

Praia dos Milionários (Praia do Sul)

Localizada a apenas sete quilômetros de Ilhéus, na zona Sul, a Praia dos Milionários é uma das mais movimentadas do município e ganhou o nome em função das mansões dos barões do café que existiam neste trecho da orla. Preferida dos nativos e turistas, a região oferece como diferencial, a praia ampla de areia fina e com muito espaço para todo tipo diversão!

O Jardim Atlântico Beach Resort está localizado na praia do sul e possui uma estrutura com barracas e excelentes petiscos, porém é mais sossegada e perfeita para quem busca tranquilidade em meio à natureza.

Praia JA.jpeg
Praia JA 3.jpeg

Praia do Pé de Serra (Praia do Norte)

Se você busca por tranquilidade e gosta de lugares mais reservados, a Praia do Pé de Serra vai ganhar seu coração.

Localizada na Vila de Serra Grande, a praia é semi deserta e conta com baixa estrutura de quiosques e cabanas.

 

A mata nos arredores da praia é bem preservada e em algumas áreas se junta à areia branca e fofa da Praia do Pé de Serra.

A orla é ideal para caminhadas e observar o mar. Quem é fã dos esportes radicais pode surfar e voar de parapente.

Subindo a serra é possível ter uma vista panorâmica das ondas batendo nas pedras e das diferentes colorações de água. Pé da serra

Praia do Cururupe (Praia do Sul)

Um pouco mais distante do centro de Ilhéus, a Praia Cururupe é mais selvagem com ondas fortes e areia grossa.

Diferenciada das demais praias, esta em especial, tem um rio que a corta. Isso mesmo, rio e mar juntos. Um encontro de água doce com salgada.

A Praia Cururupe não é muito utilizada para mergulho devido à força de suas águas, mas é uma das preferidas pelos surfistas e praticantes de caiaque.

cururupe_edited.jpg

Praia Backdoor (Praia do Sul)

Primeira praia do distrito de Olivença e uma das mais belas da Costa do Cacau, Back Door tem aspecto selvagem e ondas que chamam a atenção dos praticantes do surf – não por acaso é sede de importantes campeonatos baianos. Para curtir, vá na maré baixa, quando fica repleta de piscinas naturais de águas mornas. Fica a 18 quilômetros do Centro de Ilhéus. 

divisort.png
 

Conheça à Catedral de São Sebastião em Ilhéus

A catedral de São Sebastião é, sem dúvida, o símbolo da cidade de Ilhéus e ponto de atração turística dos mais importantes. Situada numa localização privilegiada, os turistas não deixam de visitá-la e levam da cidade uma bela recordação da grandiosidade da igreja.

Inaugurada em 1967, a imponente catedral reúne em sua fachada detalhes minuciosos do estilo neoclássico, como vitrais artísticos, abóbadas e colunas. O tamanho da igreja impressiona - sua abóbada principal tem 48 metros de altura - e o exterior majestoso contrasta com o interior, bastante discreto e singelo.

Pelo que representa para a sociedade local e para a atividade turística do município, o patrimônio possui enorme valor cultural.

Endereço: Praça Dom Eduardo Hebehol, s/n, Centro - Ilhéus, BA
Telefone: (73) 3231-0402

Obs: Por conta de possíveis restrições sanitárias, verifique se o local está em funcionamento antes de fazer uma visita.

Foto: Tayrone

divisort.png
 

Igreja Matriz de São Jorge

A Igreja Matriz de São Jorge é a mais antiga igreja católica de Ilhéus, município do estado brasileiro da Bahia, e construída em 1556, por isso é um dos mais importantes monumentos históricos e arquitetônicos do município. Está situada no centro de Ilhéus na esquina da Rua Conselheiro Dantas, local de ambientação de histórias contadas nos livros de Jorge Amado.

A igreja apresenta arquitetura colonial e primitiva, sendo uma das mais antigas do país, foi construída no período das capitanias hereditárias em homenagem ao Santo Padroeiro da cidade, São Jorge, a imagem do São Jorge da igreja é diferente do São Jorge das religiões de matriz africana. A edificação abriga no seu interior o Museu de Arte Sacra, fundado no ano de 1970, que possui um acervo com valiosas imagens barrocas, alfaias, objetos para cultos e documentos sacros. Além de peças com valor histórico, antigas e raras.

IGREJA_MATRIZ_DE_SÃO_JORGE(1).jpg
divisort.png
 

Convento da Piedade

Quem olha para Ilhéus e vislumbra o alto horizonte, logo nota a beleza que é o Instituto Nossa Senhora da Piedade, com suas belíssimas pontas agulhadas em direção ao céu, que indicam busca e proximidade com Deus.

O conjunto arquitetônico da Piedade, símbolo cultural de Ilhéus, é uma verdadeira obra prima, semelhante a um castelo. A obra exibe, na frente principal, o gótico revivalista como estilo predominante, característico do início do século XX, embora conjugue o estilo eclético em outras edificações. Ao compor atualmente um Convento, Capela, Museu, área verde preservada, escola particular, escola pública em convênio com o Estado da Bahia, ginásio poliesportivo e piscina semiolímpica, o Instituto Nossa Senhora da Piedade é um lugar único e sublime, de atmosfera mística e encantadora. A construção foi iniciada em 1916 e orientada com o projeto de um arquiteto francês.

piedade 2.jpg
divisort.png
 

Visita ao Bar Vesúvio

O Vesúvio é um bar que foi inaugurado em meados do início da década de 1910, por dois italianos que assim o nominaram em homenagem ao Monte Vesúvio, um vulcão localizado no golfo de Nápoles, Itália, responsável pela completa destruição da cidade de Pompéia há quase 2 mil anos. É um dos pontos turísticos mais frequentados da região cacaueira e um dos mais importantes para a cultura sul baiana. 

Um dos donos do bar foi um português de nome Figueiredo, marido de Felipa, apontada como uma das possíveis inspirações para o romance. O deguste do famoso quibe do Nacibe, personagem amadiano, é convidativo para os apreciadores de uma boa gastronomia e que gostam do sabor que tem a história e a literatura.

Dizem os antigos que o Bar Vesúvio possuía uma passagem secreta ligada ao Bataclan, outro ponto turístico, que entre 1926 e 1950 funcionou como bordel. Os coronéis, barões do cacau, os filhos de coronéis, letrados, jagunços, capatazes e ricos comerciantes, reuniam-se na vida boemia que o bar propiciava, onde decisões políticas e negócios como vendas de cacau, perfaziam as cenas cotidianas do local.

Atualmente o Vesúvio é um restaurante-bar muito bem frequentado em Ilhéus, com serviço e atendimentos diferenciados ao público.


Endereços:

Vesúvio Centro: Praça D. Eduardo, 190 – Centro, Ilhéus/BA - (Google Maps)

Telefone: (73) 3634-2164
 

Vesúvio Praia: Rod. Ilhéus | Olivença, 10 - São Francisco, Ilhéus/BA - (Google Maps)

Telefone: (73) 98834-0569

Obs: Por conta de possíveis restrições sanitárias, verifique se o local está em funcionamento antes de fazer uma visita.

divisort.png
 

Cabaré Bataclan, da novela “Gabriela”, de Jorge Amado
O cabaré Bataclan tornou-se famoso por ser importante cenário no livro Gabriela, cravo e canela, de Jorge Amado. Ali os coronéis do cacau iam em busca de diversão quando vinham das fazendas para acertar negócios e vender cacau.


Do ponto de vista da arquitetura, esse prédio não tem grande valor. Seu valor é cultural e está diretamente ligado à obra amadiana. É um dos locais mais procurados pelos turistas, que querem visitá-lo. Andou em ruína durante muito tempo e, no final da década de noventa, teve a fachada restaurada; foi reconstruído e transformado em espaço cultural. 


Após a reconstrução, realizada numa parceria da Prefeitura Municipal com a Petrobrás, foi transformado em espaço cultural, com café, local para exposições e uma réplica do quarto de Maria Machadão. Com dois meses de inaugurado, já havia recebido mais de onze mil visitantes.


Endereço: Av. Dois de Julho, 77 - Centro, Ilhéus - BA / (Google Maps)

Telefone: (73) 3084-3363

Obs: Por conta de possíveis restrições sanitárias, verifique se o local está em funcionamento antes de fazer uma visita.

divisort.png
 

Visita ao Museu Casa de Jorge Amado
A Casa de Cultura Jorge Amado fica localizada na Rua Jorge Amado, no centro da cidade. Fundada em 27 de junho de 1997, durante a segunda gestão do prefeito Jabes Ribeiro, o palacete foi restaurado e hoje mantêm em exposição roupas, fotos, histórico dos pais e da infância, além de vídeos sobre o escritor. O museu integra o Circuito de Memória, projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), lançado neste mês de abril, e que reúne outros espaços que contam que relatam a história a nossa volta.


A casa onde o escritor passou parte da infância e adolescência foi construída em estilo neoclássico no final da década de 1920, por seu pai, João Amado Faria. O palacete ocupa uma área de 600 metros quadrados, com cinco metros de pé direito, piso de jacarandá e azulejos ingleses na varanda.


Segundo o Secretário de Cultura, Paulo Atto, a Casa de Cultura Jorge Amado oferece aos visitantes a possibilidade de conhecer as experiências vivenciadas pelo escritor desde a sua infância até a vida adulta. Ele explica que “a Casa foi onde teve início a vida literária de Jorge Amado”, logo considera de extrema importância preservá-la como patrimônio histórico da cidade.

Expediente - A Casa de Cultura Jorge Amado fica aberta para visitação de segunda à sexta, das 9 às 12h e das 14 às 18h, e aos sábados das 9 às 13h. Durante a visita, inteiramente gratuita, os turistas e observadores são guiados e ouvem a descrição da importância histórica de cada objeto exposto na Casa.
 

Endereço: Rua Jorge Amado, 21 - Centro, Ilhéus - BA / (Google Maps)

Telefone: (73) 3634-8986

Obs: Por conta de possíveis restrições sanitárias, verifique se o local está em funcionamento antes de fazer uma visita.

Viagens-por-ai-Ilh%C3%A9us-Casa-de-Cultu
divisort.png
 

Passeio às Fazendas de Cacau em Ilhéus
As fazendas de cacau em Ilhéus e região oferecem visitas guiadas que apresentam todo o ciclo do fruto, desde sua plantação até os processos realizados após a colheita, fundamentais para a produção dos chocolates. Os tours costumam incluir degustações e ou refeições tipicamente baianas. As fazendas mais procuradas são Provisão, Yrerê e Primavera. Esta última foi cenário da novela Renascer e oferece ainda trilhas para caminhadas ecológicas, passeios de charrete ou a cavalo e visita a um pequeno museu que reúne objetos utilizados pelos artistas da novela e relíquias centenárias. Algumas fazem parte da Estrada do Chocolate.

Obs: Por conta de possíveis restrições sanitárias, verifique se o local está em funcionamento antes de fazer uma visita.

Fazenda Capela Velha

Como chegar: Acesso pela BR-415, Km 20 (Ilhéus-Itabuna)

Telefone: (73) 99903 0123 - 98822 0123 - visitas somente com agendamento prévio

Rede Social: Instagram (@fazendacapelavelha)

Fazenda Primavera 
Como chegar: Acesso pela BR-415, Km 20 (Ilhéus-Itabuna)
Telefone: (73)3613-7817 - visitas somente com agendamento prévio

Fazenda Yrerê 
Como chegar: Acesso pela BR-415, Km 11 (Ilhéus-Itabuna)
Telefone: (73)3656-5054 - visitas somente com agendamento prévio

Rede Social: Instagram (@fazendayrere)

 

Fazenda Provisão 
Como chegar: Rodovia Ilhéus-Uruçuca, Km 27 - Estrada do Chocolate
Telefone: (71) 99624-4647

Rede Social: Instagram (@fazendaprovisao)

 

Fazenda Riachuelo
Como chegar: Rodovia Ilhéus-Uruçuca, Km 20 - Estrada do Chocolate
Telefone: (71) 3022-4807 - visitas somente com agendamento prévio

Fazenda Primavera

Fazenda Provisão

Fazenda Capela Velha

Fazenda Riachuelo

Fazenda Yrerê

Fazenda Capela Velha

divisort.png
 

Conhecer a Lagoa Encantada
A visão da lagoa impressiona - são 6,4km² cercados por mata nativa de uma Área de Preservação Ambiental (APA). A 34 km do centro de Ilhéus (sendo 12 km em estrada de terra), a lagoa é acessível através das agências de turismo locais que oferecem um roteiro incluindo traslado, barco e refeições.


Um pequeno vilarejo, a Vila Lagoa Encantada, também oferece passeios de barco e canoa. Para conhecer toda a extensão da lagoa é se "encantar", é preciso contratar um barco (que atravesse a vegetação que cobre a água) que leve até o "ponto final" da lagoa. Por lá, desembocam duas cachoeiras, uma de frente pra outra. A pedida é mergulhar no encontro delas e tomar uma relaxante ducha natural. Programe a volta para o fim da tarde - o pôr do sol é espetacular! 
Os tours que saem de Ilhéus duram quatro, seis ou oito horas. Todos dão uma volta completa pela lagoa. A região oferece, ainda, duas trilhas demarcadas, com belos cenários.

Como chegar: Acesso pela BA-001, sentido Ilhéus. Entrada para a estrada secundária no Km 13 da BA-001.

lagoa.jpg
divisort.png
 

Cachoeira do Tijuípe

A Cachoeira do Tijuípe é uma das melhores cachoeiras próximas de Itacaré, ela fica localizada em Serra Grande que é distrito de Uruçuca. Fica a aproximadamente 22 km de Itacaré.

A cachoeira fica situada dentro de uma fazenda, por este motivo é necessário pagar para entrar. Apesar de possuir uma queda de apenas quatro metros, a cachoeira conta com uma infinidade de corredeiras e poços em seus 15 metros de largura, que garantem um mergulho refrescante em suas águas quentes.

Um ótimo local para banho, é um poço que fica logo abaixo da cachoeira, onde há cordas que ajuda o visitante a chegar embaixo da queda. Também há boias e salva-vidas para aqueles que não sabem nadar. Quem não quiser se arriscar pode se refrescar em um moinho de água que fica ao lado da cachoeira.

O acesso a Cachoeira de Tijuípe é pela rodovia BA-001, entre Itacaré e Serra Grande, até a entrada da cachoeira (lado direito), no KM 46. Não há estacionamento no local, o carro fica na beira da estrada.

Horário de Funcionamento: 9h às 17h

Contato: (73) 99995-1229

divisort.png
 

Por do sol na Sapetinga

O pôr do sol dá show todos os dias em Ilhéus, mas é no verão que o céu chama a atenção pelo colorido especial. Os tons de amarelo, alaranjado e rosado podem ser vistos de vários pontos da cidade, deixando ainda mais belo o espetáculo sobre o Rio Santana. Por isso, jovens, adultos, crianças e idosos, frequentam a pitoresca baía da Sapetinga, no Pontal, que virou ponto de encontro para os amantes da natureza e de aclamação ao sol, além de reunir uma galera que toca violão para dar aquele clima especial.

Essa junção de música, arte e gastronomia tem dado mais vida ao paraíso e trazido pessoas como Renato Callefi e Raquel Bortoloti, casal vindo de São Paulo. “Nessa parte da natureza, mar, rios e lagos aqui em Ilhéus tudo fica mais bonito”, declarou. Morando há pouco mais de seis meses no bairro, o tatuador Raffa Lima e a fotógrafa Beatriz Vitória já esbanjam amor pelo local. “Aqui é o nosso escritório e um ambiente perfeito para inspiração, por isso cantamos esse lugar”, revelam.

O ritual de bater palmas para o pôr do sol acontece também em muitos lugares do Brasil, como no Farol da Barra em Salvador, no Arpoador e na Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro. O fim de tarde na enseada Sapetinga inspira. Seja um banho à beira rio, um passeio de barco, caiaque, stand up paddle ou jetsky, o que vale mesmo é contemplar a paisagem formada por manguezais. Quando o astro rei se põe no local é como se ele estivesse dizendo: “não é um adeus, apenas um até logo - quem sabe a gente se vê amanhã”.

Endereço: Av. Sapetinga, 659-623 - Pontal, Ilhéus - BA (Google Maps)

Por do sol sapetinga.jpg
divisort.png
 

Ponte Jorge Amado

A Ponte Jorge Amado é uma ponte estaiada localizada no município de Ilhéus e faz parte da rodovia estadual BA-001, atravessando a baía do Pontal, fazendo a ligação do centro à zona sul da cidade.

Sua construção objetivou desafogar o trânsito na área central de Ilhéus, que durante anos sofreu com grandes congestionamentos nos horários de pico em função da existência de uma única ligação entre o centro e à zonal sul, através da Ponte Lomanto Junior. Além disso, visa também fomentar o turismo local. É a primeira ponte do tipo estaiada (suspensa por cabos) no estado.

A ponte possui comprimento total de 533 metros em estrutura mista, sendo 298 metros de trecho estaiado, com estrutura sustentada por cabos e os 235 metros restantes por concreto armado, largura de 25 metros com pistas duplas nos dois sentidos e conta com uma ciclovia e uma faixa exclusiva para pedestre. O conjunto da obra inclui 2,2 quilômetros de acesso viário.

Ponte_Ilheus_Pontal_Jose_Nazal_GOVBA.jpg
divisort.png

Onde se hospedar

O Resort Jardim Atlântico, como inicialmente era chamado, desde sua fundação há 28 anos, teve seu desenho concebido pelo arquiteto Rui Cores sob as orientações de seu proprietário de nacionalidade suíça. O empreendimento inicialmente tinha foco no público estrangeiro, tendo o seu auge na década de 90.

Atualmente, já reposicionado como resort, o Jardim Atlântico Beach Resort, está com ótima visibilidade no mercado nacional atendendo hóspedes a lazer e também o público corporativo dado à sua excelente localização e ambiente de muito conforto.

Neste momento faz-se importante lembrar que os proprietários continuam investindo na imagem do resort bem como no segmento da área gastronômica, que soma recursos consideráveis à receita de hospedagem. Neste aspecto são muitos os eventos sociais que atendemos para até 500 pessoas além de serviço de catering (venda de coffee break para eventos realizados fora do hotel) que chegam até 2.000 pessoas.

Situado à beira mar em uma área verde exuberante entre a Mata Atlântica e o Mar, o Jardim Atlântico Beach Resort tem o privilégio de receber uma enorme diversidade de pássaros característicos da região praiana e da mata, que ao entardecer migram para o coqueiral e para as árvores - algumas centenárias - localizadas na área de mais de 36.000 m² do resort. Ao amanhecer, somos contemplados com uma sinfonia do canto desses pássaros voltando ao seu habitat natural. Um verdadeiro espetáculo da natureza, simplesmente inesquecível.

Desta forma o Jardim Atlântico Beach Resort está definitivamente consolidado no mercado local, recuperando o glamour de uma propriedade amada por todos na região.

 
ja.jpg